Jornalistas do Financial Times fazem greve de três horas

Os jornalistas do “Financial Times” marcaram uma greve de três horas para o dia 22 de Março, em protesto contra uma proposta de aumento de salário, que consideraram insatisfatória.

A administração do FT propôs uma subida de 3,5% dos ordenados, mas em que mais de um terço do aumento estava dependente de serem alcançados certos objetivos. A maioria dos jornalistas acabaria por receber apenas mais 2%, depois de um ano em que a inflação no Reino Unido ultrapassou os 5%. O restante seria definido a partir do rendimento base do jornalista ou por decisão das chefias.

Mais de metade dos 450 jornalistas do FT estão filiados na National Union of Journalists (NUJ). Têm um rendimento médio de 47 600 euros/ano.

O Financial Times tem 585 mil assinantes da edição em papel e 250 mil para o online.

Esta entrada foi publicada em Crise internacional, Greve, Sindicato com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Jornalistas do Financial Times fazem greve de três horas

  1. Pingback: “follow up”: Jornalistas do FT canceleram greve após nova proposta salarial | Fórum de Jornalistas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s