Carlos Magno: houve uma “pressão inaceitável” de Relvas sobre o Público

Carlos Magno não tem dúvidas: houve uma “pressão inaceitável” do ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares sobre o jornal “Público”. Esta tarde no Parlamento, o presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), disse que estava convencido que a expressão “houve uma pressão inaceitável” estava no relatório, apresentado a 20 de junho.

“Desde o princípio que a minha tese foi a da diretora do Público e não me desviei um milímetro. Acho a pressão inaceitável, tal como a diretora do Público”, afirmou Magno, durante a sua audição na comissão  parlamentar para Ética, Comunicação e Cidadania, no seguimento de um requerimento do Bloco de Esquerda.

O presidente da ERC admitiu também “a culpa por não ter lido” a deliberação final. “Estava convencido de que essa expressão estava lá. Lamento que não esteja e o erro é meu”, explicou, citado pelo Expresso. Ainda assim, Magno garantiu que está orgulhoso do relatório. “Não só me revejo, como me orgulho de tudo o que está escrito. Tem contradições, mas a vida é feita de contradições”.

Segundo a Lusa, o presidente da ERC atribuiu também o nascimento do caso Relvas/Público “a uma conjugação de várias vontades, convergentes em aproveitar um facto”, embora recuse que tenha havido “uma cilada” do jornal.

Carlos Magno acrescentou ainda que chegou a consultar o departamento jurídico da ERC e que  “mesmo que aquilo que os jornalistas dizem fosse assumido como verdade, não constituiria nenhum ilícito”.

Esta entrada foi publicada em Jornalismo com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s