Perspectivas sobre a crise da imprensa

A crise dos jornais é evidente há muito tempo e expande-se pelas suas várias dimensões, como vamos procurando relatar. Das receitas, à qualidade do produtos oferecidos, da profundidade exigida pelos leitores, à rapidez e simplicidade que também exigem, da falta de recursos humanos ao dramático défice de lideranças e visão sobre  futuro da profissão, são muitas as dificuldades.

Carla Hilário Quevedo, do Bomba Inteligente escrevendo no i e Alexandre Homem Cristo, do Cachimbo de Magritte, ambos consumidores frequentes de informação, vieram ao tema nos últimos dias, olhando para duas das dificuldades que a imprensa enfrenta: a incapacidade de cobrar online e a incapacidade de merecer essa aposta por parte dos leitores.

Diz, Carla Quevedo:

Penso que houve um certo deslumbramento dos jornais com o online, que os terá impedido de perceber que estavam a dar os seus conteúdos em troca de nada. E os conteúdos, notícias, opinião, etc., têm valor e custam dinheiro. Este problema é, no meu entender, o mais sério com que a imprensa escrita se depara neste momento e que terá de resolver o quanto antes. Os jornais precisam de ter uma presença na internet, mas é urgente perceberem até que ponto estão dispostos a dar ao leitor, sob pena de ficarem sem nada para vender.

Homem Cristo, que já tinha tocado neste aspecto, salienta um outro:

Em segundo lugar, a imprensa mantém uma relação ambígua com os factos, enquanto vive obcecada com a sua (alegada) neutralidade. Isso é particularmente visível no que respeita à informação política, que a imprensa nem sequer filtra – apenas distribui (…) E demite-se do seu dever de informar e fiscalizar o poder político, para simplesmente servir de megafone (…) o que fazem os jornais para que valha a pena comprá-los?

Esta entrada foi publicada em Crise nacional, Fórum de Jornalistas, Jornalismo com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s