Jornalistas do Público organizam exposição de protesto contra despedimento colectivo

Esta iniciativa surge em protesto contra o recente despedimento colectivo de 48 trabalhadores do “Público”. “Para lembrar que sem pessoas não é possível fazer jornalismo de qualidade”, justifica o comunicado enviado pelo grupo de jornalistas.

Como refere ainda o documento, a exposição pretende lembrar o papel que o jornal tem vindo a representar na sociedade portuguesa desde a sua fundação. Alguns dos objectos em exposição serão vendidos, revertendo as receitas para um fundo que será entre à Comissão de  Trabalhadores do diário.

Este conjunto de jornalistas, que não foi abrangido pelo despedimento colectivo, alerta para o facto de a decisão da administração do jornal estar a ameaçar a “identidade e sustentabilidade do diário detido pelo grupo Sonae enquanto publicação de  referência”.

 

Esta entrada foi publicada em Crise nacional, Jornalismo com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s