A “Google” matou o papel?

O gráfico fala por si:

No primeiro semestre deste ano, a receita publicitária conseguida pela Google (no mundo inteiro) ultrapassou a receita angariada por todos os jornais dos EUA nas suas edições em papel.

Os dados foram compilados pela Statista e revelam que nos primeiros seis meses de 2012 a Google (uma única empresa, fundada há 14 anos) conseguiu angariar 20,8 mil milhões de dólares em publicidade, mais que os 19,2 milhões conseguidos pelas edições em papel de todos os jornais e revistas dos EUA.

Os autores adivinham as criticas a esta comparação e defendem-se:

Given the fact that Google operates globally, the comparison is obviously unfair and shouldn’t be judged scientifically, but nonetheless it shows how big Google’s ad business really is and how small print advertising has become.

Mas a análise da Statista revela ainda outro dado interessante (para além da deprimente queda das receitas): dos 20,8 mil milhões, a Google entrega 4 milhões, ou seja, menos de 25% às publicações…

Esta entrada foi publicada em crise, Crise internacional, Investimento, Jornalismo com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s