Cinco leads para o mesmo Papa

Um Papa, cinco leads, foi o exercício que Mike Feinsilber publicou no blogue do ex-editor da revista The Washingtonian, um espaço de análise ao trabalho dos jornalistas e dos editores, um dia depois da eleição do Papa argentino, há uma semana.

Os exemplos são todos norte-americanos (Los Angeles Times, Wall Street Journal, Washington Post, Chicago Tribune e New York Times) e todos das edições em papel destes diários; podiam ser espanhóis ou italianos. Havia um batalhão de jornalistas em São Pedro e cada um deles sabia “que os seus leitores já sabiam as notícias”. “Deveria escrever um lead que confirmasse isso mesmo ou um lead para a história, cravado em pedra?”

 

Este foi o eleito pelo autor do post (tem 43 palavras e nenhuma vírgula):

Jorge Mario Bergoglio of Argentina became the first pope from the Americas and the first from outside Europe in more than a millennium in an election that recognized a shift in the Roman Catholic Church’s center of gravity while maintaining its conservative theology.

 

Esta entrada foi publicada em Jornalismo com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s