Adesão à greve é “sinal claro” para que Controlinveste suspenda despedimento

Segundo escreve a Lusa, citando dados do Sindicato dos Jornalistas, na rádio TSF 78% dos repórteres aderiu à paralisação de hoje, 11 de Julho, que alcançou mesmo os 100% em dois turnos do dia.

A adesão à greve alcançou 60% dos jornalistas da redação de Lisboa do JN, enquanto na sede se ficou pelos 34% e ultrapassou os 33% na sede do DN e os 66% na redação do Dinheiro Vivo no Porto. Todos os jornalistas da Notícias Magazine fizeram greve.

Ler o artigo completo aqui.

Esta entrada foi publicada em Condições laborais, crise com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Adesão à greve é “sinal claro” para que Controlinveste suspenda despedimento

  1. Orlando Castro diz:

    Mais uma vez, tal como em 2009, a cobardia continua a ser essencial para sobreviver. Por isso alguns dos que agora foram despedidos também não fizeram greve nessa altura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s